Defesa de Mestrado de Luã Marcelo Muriana

Título do Trabalho
Incluindo Idosos com Comprometimento Cognitivo no Design Participativo – Avaliação e Adaptação de Técnicas de Design, Desafios e Lições Aprendidas.
Candidato(a)
Luã Marcelo Muriana
Nível
Mestrado
Data
11/09/20172017-09-10 21:00:00 2017-09-10 21:00:00 Defesa de Mestrado de Luã Marcelo Muriana Incluindo Idosos com Comprometimento Cognitivo no Design Participativo – Avaliação e Adaptação de Técnicas de Design, Desafios e Lições Aprendidas. Auditório IC 3 INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO mauroesc@ic.unicamp.br America/Sao_Paulo public
Horário
10:00
Local
Auditório IC 3
Orientador(a)
Heiko Horst Hornung
Banca Examinadora
Banca Examinadora
Titulares (Professores Doutores) Unidade / Instituição
Heiko Horst Hornung  IC/UNICAMP
Cristiano Maciel  IC/UFMT
Maria Cecília Calani Baranauskas  IC/UNICAMP
Suplentes (Professores Doutores) Unidade / Instituição
Elaine Cristina Saito Hayashi  IC/UNICAMP
Vania Paula de Almeida Neris  DC/UFSCAR
Resumo

A tecnologia tem evoluído, porém nem sempre ela é acessível para idosos. Fazer parte de uma sociedade que muda tecnologicamente e constantemente é uma tarefa complexa, principalmente para as pessoas mais idosas, particularmente quando eles possuem algum tipo de comprometimento cognitivo. Para que esses e outros problemas possam ser mitigados, uma das maneiras é conhecer melhor as habilidades, e até mesmo as dificuldades, dos potenciais usuários de uma solução de design por meio do design participativo. Porém, as técnicas tradicionais de design participativo não são adequadas para pessoas com comprometimento cognitivo, uma vez que elas não consideram as barreiras cognitivas que essas pessoas possuem. Esta pesquisa de mestrado teve como objetivo, portanto, investigar como idosos com comprometimento cognitivo poderiam ser incluídos em atividades de design participativo. Para isso, foram realizadas 24 atividades com um grupo de idosos do Lar de Velhinhos de Campinas (LVC). Essas atividades tinham o objetivo de conhecer os partipantes e de abordar as fases de design “entender”, “estudar”, “design”, “prototipar” e “avaliar”. Durante a realização destas atividades foi identificado um objetivo de design, que serviu como estudo de caso de design participativo. Os resultados evidenciaram que é possível incluir idosos com comprometimento cognitivo em um processo de design participativo, todavia é necessário adaptar as técnicas existentes e adotar algumas estratégias para lidar com os desafios que surgem devido aos problemas cognitivos que são características desse público. Assim, este estudo também apresenta e discute esses desafios e as lições aprendidas em lidar com eles durante a adaptação das técnicas utilizadas, planejamento, execução e avaliação das atividades realizadas.