Computação e o Futuro do Direito

Data
Add to Calendin 2018-05-11 00:00:00 2018-05-11 00:00:00 Computação e o Futuro do Direito Novas tecnologias colocam em cheque os sistemas de justiça de todo o mundo.  Conceitos, até pouco tempo incontestáveis, como território e jurisdição perdem a hegemonia.  Novos direitos fundamentais, como a autodeterminação informativa, são criados.  Ativos financeiros, totalmente digitais, desafiam os sistemas de regulação. O avanço da inteligência artificial cria a necessidade de novas categorias como atribuição de personalidade jurídica a robôs.  As democracias, mundo afora, experimentam um ambiente de forte conflito entre liberdade e segurança.  Em um outro extremo, sistemas de jurimetria e de análise preditiva de decisões judiciais buscam “hackear” por dentro o sistema jurisdicional.  O Direito, fortemente fundado na tradição, sofre uma pressão por mudança nunca antes observada e, muitas vezes, reage como uma força conservadora tendente a limitar o avanço tecnológico.  Esta palestra tem como objetivos apresentar os pontos mais relevantes desta tensão entre mudança e conservação, no Direito, gerada essencialmente pelas tecnologias da informação e comunicação, e debater suas potenciais consequências.  Gustavo Xavier de Camargo é advogado com atuação nas áreas de Direito Digital, Direito da Tecnologia e Inovação, Contratos, Responsabilidade Civil e Compliance.  Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, com MBA Executivo pelo Insper-SP, especialização em Direito Digital e Compliance pela Faculdade Damásio e mestrando (ingresso em 2018) em Direito  pela Universidade Federal de Santa Catarina, linha de pesquisa “Direito Privado, Processo e Sociedade da Informação”.  Com mais de dezoito anos de atuação nas áreas de Tecnologia da Informação e Marketing e Comunicação, foi Diretor de Soluções Corporativas da Compera - atual Movile; Diretor da Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) - Capítulo Campinas (2010 a 2014) e mentor da Liga Empreendedora da Unicamp (2014).  Atualmente, é membro da Comissão de Direito Digital da OAB-SC e mentor da Baita Aceleradora, de Campinas -      A palestra será transmitida ao vivo através do canal do IC no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCraCE6iWUcFCJSp-vmO1D3A   Local: Sala 85 – IC2 Local: Sala 85 – IC2 Local: Sala 85 – IC2 America/Sao_Paulo public
Horário
14:00
Local
Local: Sala 85 – IC2
Palestrante
Gustavo Xavier de Camargo
Descrição
Novas tecnologias colocam em cheque os sistemas de justiça de todo o mundo.  Conceitos, até pouco tempo incontestáveis, como território e jurisdição perdem a hegemonia.  Novos direitos fundamentais, como a autodeterminação informativa, são criados.  Ativos financeiros, totalmente digitais, desafiam os sistemas de regulação. O avanço da inteligência artificial cria a necessidade de novas categorias como atribuição de personalidade jurídica a robôs.  As democracias, mundo afora, experimentam um ambiente de forte conflito entre liberdade e segurança.  Em um outro extremo, sistemas de jurimetria e de análise preditiva de decisões judiciais buscam “hackear” por dentro o sistema jurisdicional.  O Direito, fortemente fundado na tradição, sofre uma pressão por mudança nunca antes observada e, muitas vezes, reage como uma força conservadora tendente a limitar o avanço tecnológico.  Esta palestra tem como objetivos apresentar os pontos mais relevantes desta tensão entre mudança e conservação, no Direito, gerada essencialmente pelas tecnologias da informação e comunicação, e debater suas potenciais consequências.
Gustavo Xavier de Camargo é advogado com atuação nas áreas de Direito Digital, Direito da Tecnologia e Inovação, Contratos, Responsabilidade Civil e Compliance.  Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, com MBA Executivo pelo Insper-SP, especialização em Direito Digital e Compliance pela Faculdade Damásio e mestrando (ingresso em 2018) em Direito  pela Universidade Federal de Santa Catarina, linha de pesquisa “Direito Privado, Processo e Sociedade da Informação”.  Com mais de dezoito anos de atuação nas áreas de Tecnologia da Informação e Marketing e Comunicação, foi Diretor de Soluções Corporativas da Compera - atual Movile; Diretor da Associação dos Profissionais de Propaganda (APP) - Capítulo Campinas (2010 a 2014) e mentor da Liga Empreendedora da Unicamp (2014).  Atualmente, é membro da Comissão de Direito Digital da OAB-SC e mentor da Baita Aceleradora, de Campinas - 
 
 
A palestra será transmitida ao vivo através do canal do IC no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCraCE6iWUcFCJSp-vmO1D3A