Defesa de Doutorado de Marcio Roberto Miranda Assis

Título do Trabalho
MultiCloud Tournament: uma arquitetura de federação de nuvens voltada à prevenção de Free-Riders através do incentivo ao compartilhamento de recursos
Candidato(a)
Marcio Roberto Miranda Assis
Nível
Doutorado
Data
Add to Calender 2019-02-08 00:00:00 2019-02-08 00:00:00 Defesa de Doutorado de Marcio Roberto Miranda Assis MultiCloud Tournament: uma arquitetura de federação de nuvens voltada à prevenção de Free-Riders através do incentivo ao compartilhamento de recursos Sala 85 IC 2 INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO mauroesc@ic.unicamp.br America/Sao_Paulo public
Horário
14:00
Local
Sala 85 IC 2
Orientador(a)
Luiz Fernando Bittencourt
Banca Examinadora

* Titulares

Unidade/Instituição

Luiz Fernando Bittencourt

IC/UNICAMP

Bruno Richard Schulze

LNCC

Júlio Cézar Estrela

ICMC/USP

Edmundo Roberto Mauro Madeira

IC/UNICAMP

Christian Rodolfo Esteve Rothenberg

FEEC/UNICAMP

* Suplentes

Unidade/Instituição

Islene Calciolari Garcia

IC/UNICAMP

Leandro Aparecido Villas

IC/UNICAMP

Fábio Luciano Verdi

UFSCar/Sorocaba

Resumo

Encontrar métodos capazes de propiciar serviços de computação como utilidades públicas (energia elétrica, água, gás etc.) é um dos grandes desafios da computação. Com a popularização da Internet, novas pesquisas e avanços na área de redes foram obtidos, o que fomentou o surgimento de tecnologias e métodos para a entrega de computação como um serviço de utilidade pública. Nesse cenário, SOA e Computação em Grade se destacaram, porém ainda eram limitadas em alcance, nicho e propriedades. Foi então que surgiu o paradigma de Computação em Nuvem. Possuindo um forte apelo comercial e alavancado por tecnologias de virtualização, este novo paradigma focou na oferta de computação como serviços aos interessados sob um modelo de negócio inovador para o segmento. Sendo considerada a solução definitiva para entrega de ativos de computação como serviço, o seu crescente uso destacou inúmeras limitações que provedores de Computação em Nuvem enfrentaram na implementação e oferecimento desse paradigma. Tais limitações motivaram a extensão da Computação em Nuvem, permitindo o agrupamento de múltiplas nuvens em associações denominadas Inter-Clouds. Organizados em associações, os provedores se tornaram aptos a negociar a aquisição de recursos de outros provedores mediante condições mais atrativas, ao mesmo tempo que possibilitou a oferta de seus próprios recursos ociosos aos demais membros da respectiva Inter-Cloud. Contudo, associações Inter-Clouds são caracterizadas como ambientes de compartilhamento de recursos, o que propicia a presença de provedores mal intencionados denominados Free-Riders .
Os Free-Riders possuem um comportamento predatório, buscando atender somente seus próprios interesses e consequentemente prejudicando os demais provedores do ambiente. Mecanismos para evitar os Free-Riders, assim como para manter a relação oferta × demanda de recursos equilibrada, se fazem necessários em ambientes de associações de nuvens como as Federações de Nuvens. Tais mecanismos devem ser hábeis em realizar a gestão do ciclo-de-vida dos provedores da federação, oferecendo incentivos àqueles provedores que possuem um bom comportamento dentro do ambiente que nesse contexto pode ser descrito como a oferta e consumo de recursos na mesma proporção. Somado a isso, esses mecanismos devem manter o ambiente alinhando ao contrato que define a própria federação. Diante do exposto, esta tese propõe uma nova Inter-Cloud denominada MultiClouds Tournament focada em tratar as deficiências de outras Inter-Clouds (em especial as Federações de Nuvens). Essa Inter-Cloud é inspirada no formato de um torneio de futebol e baseada nas principais características das Federações de Nuvens.