A+A-ContrastAcessibilidade
EnglishPortuguese
Buscar
30 Nov
16:00 Defesa de Mestrado Integralmente a distância
Tema
Desempenho dos alunos numa disciplina introdutória de programação e o conhecimento longevo
Aluno
Tania Alencar de Caldas
Orientador / Docente
Rodolfo Jardim de Azevedo
Breve resumo
A necessidade de buscar soluções que promovam o conhecimento dos conceitos introdutórios em Computação tem mobilizado pesquisas na construção de um concept inventory (CI), que é um conjunto de questões de múltipla escolha focado em erros comuns de aprendizagem. Neste trabalho, a sigla adotada foi IC, por se tratar de um Inventário Conceitual. O inventário mais conhecido é o da área da Física, force concept inventory. No Instituto de Computação da Unicamp, pesquisa coordenada pelo Professor Ricardo Caceffo, em parceria com a UBC, no Canadá, buscou identificar misconceptions para a criação de um IC com os 7 tópicos mais recorrentes: parâmetros da função; variáveis; recursão; iteração; estruturas; ponteiros e expressões booleanas, totalizando 28 questões. Esta dissertação colabora com a avaliação dos dados da primeira versão do IC e da validação das questões. Como os questionários foram aplicados em um só momento, o ganho de aprendizagem foi substituído pela análise da retenção do aprendizado, ou seja, quão longevo podem ser os conhecimentos apreendidos no início dos cursos. As questões foram enviadas aos alunos de todos os cursos que estudaram a disciplina Algoritmos e Programação de Computadores (MC102) nos anos de 2007 a 2018, possibilitando identificar padrões e comparar resultados entre os cursos; verificando as possíveis diferenças e semelhanças entre os cursos coordenados e os não coordenados. Variáveis como o tipo de ensino médio; o desempenho no vestibular; o desempenho em outras disciplinas; e a aprovação na disciplina MC102 na primeira vez em que tenha sido cursada compuseram as análises. Considerando que o processo de ensino aprendizagem envolve avaliações, tanto internas como externas, foi considerada a relevância de levantar o desempenho no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) e o grau de dificuldade na resolução das questões de acordo com a análise dos alunos, ao final do exame. Foi possível concluir que alunos que cursaram o ensino médio em escola técnica e tiveram boas notas no vestibular alcançaram melhor desempenho na disciplina MC102. Quanto ao número de questões de um inventário que seja hábil a alcançar objetivos pedagógicos, verificou-se que a divisão das perguntas em três blocos poderá ser mais eficiente.
Banca examinadora
Titulares:
Rodolfo Jardim de Azevedo IC/UNICAMP
Marco Aurélio Gerosa Northern Arizona University/Estados Unidos
Islene Calciolari Garcia IC/UNICAMP
Suplentes:
André Santanchè IC/UNICAMP
Seiji Isotani ICMC/USP