A+A-ContrastAcessibilidade
EnglishPortuguese
Buscar
21 Jan
10:00 Defesa de Mestrado Integralmente a distância
Tema
Detetores de Falhas: Plataforma de Testes e Estudo Comparativo
Aluno
Valdomiro Luis Scannapieco Neto
Orientador / Docente
Luiz Eduardo Buzato
Breve resumo
Há quase trinta anos atrás, entre 1991-1992, Chandra, Toueg e Hadzilacos introduziram o conceito de detetores de falhas e mostraram como usá-los para resolver consenso em sistemas distribuídos assíncronos sujeitos a falhas parciais. Durante os anos seguintes, a abstração de detetores de falhas provou ser uma ferramenta essencial para a engenharia de sistemas distribuídos de alta disponibilidade. Resumidamente, os detetores de falhas representam uma ferramenta elegante que permite aos projetistas de sistemas distribuídos fatorar as suposições de tempo usadas para detetar falhas em algoritmos de consenso distribuído. Atualmente, um número significativo de algoritmos de deteção de falhas já foi publicado; cada um deles trazendo, supostamente, uma melhor solução para deteção de falhas; geralmente com base em uma avaliação ad hoc do algoritmo proposto. A falta de um benchmark ou plataforma de testes comum para detetores de falhas representa um obstáculo extra para engenheiros de sistemas quando eles precisam escolher um detetor de falha adequado para sua aplicação. Nesse contexto, parece razoável fazer a seguinte pergunta: qual o melhor detetor de falhas para uma determinada aplicação, executada em um determinado sistema distribuído? Neste trabalho, uma aplicação é um sistema de replicação ativa desenvolvido sobre transmissão de difusão totalmente ordenada baseada em consenso (DTOC). DTOC é o denominador comum para um grande número de aplicações reais. Chen, Toueg e Aguilera (CTA) propuseram métricas para caracterizar a qualidade do serviço prestado por um detetor de falhas. As métricas quantificam: i) quão rápido um detetor de falhas deteta falhas reais e ii) quão bem ele evita falsas deteções. Esta dissertação propõe, implementa e avalia uma plataforma de testes para detetores de falhas com base nas métricas amplamente aceitas de CTA. Em seguida, utiliza essa plataforma para buscar uma resposta para a questão feita acima. As contribuições desta pesquisa são: (i) a proposta de um método experimental para avaliar uniformemente o comportamento dos detetores de falhas, (ii) a implementação de uma plataforma de testes para apoiar o método, e (iii) um estudo comparativa de quatro detetores de falhas conhecidos.
Banca examinadora
Titulares:
Luiz Eduardo Buzato IC/UNICAMP
Eliane Martins IC/UNICAMP
Regina Lucia de Oliveira Moraes FT/UNICAMP
Suplentes:
Guido Costa Souza de Araújo IC/UNICAMP
Daniel Cason Università della Svizzera italiana, USI